domingo, 26 de junho de 2011

Quinze pessoas detidas em parada gay

Quinze pessoas foram detidas este sábado pela polícia russa, na sequência de uma parada gay proibida pelas autoridades em São Petersburgo.
Manifestantes deslocaram-se de barco (foto AP)Vários manifestantes com bandeiras coloridas e gritando «Não receies, a homofobia é curável» e «Connosco está Deus, connosco está o ódio», reivindicaram direitos dos homossexuais numa viagem de barco turístico até à Praça do Senado e à estátua de Pedro, o Grande.Durante a manifestação, dois jovens que assistiam ao protesto tentaram arrancar as bandeiras e os cartazes dos manifestantes, tendo um deles sido detido. Para além disso, a polícia deteve ainda 14 participantes.

Nenhum comentário:

Postar um comentário