domingo, 19 de junho de 2011

Marcha do Orgulho Gay quer chamar a atenção para a parentalidade


De Luís Pedro Martins (LUSA) – há 2 dias
Lisboa, 17 jun (Lusa) -- A Marcha do Orgulho Gay, que vai na sua décima segunda edição, sai no sábado novamente à rua pela defesa dos direitos das pessoas lésbicas, gays, bissexuais e transgéneros (LGBT), mas com a parentalidade em pano de fundo.
Contactado pela Agência Lusa, o presidente da ILGA Portugal (Intervenção Lésbica, Gay, Bissexual e Transgénero), uma das instituições envolvidas na organização da marcha, explicou que a iniciativa procura, uma vez mais, chamar a atenção para o combate à discriminação.
"O objetivo é sempre que seja possível dar mais passos na luta contra a discriminação, em função da orientação sexual e identidade de género, nomeadamente em questões que passam, por um lado, pelo reconhecimento da parentalidade aos mais diversos níveis e aí temos questões que vão da adoção à co-adoção, até à procriação medicamente assistida", adiantou Paulo Côrte-Real.

Nenhum comentário:

Postar um comentário