quarta-feira, 1 de junho de 2011

Luxa é condenado a pagar indenização por insinuar que juiz é homossexual




"Ele (o juiz) apitava e olhava para mim em toda falta que marcava. Ele não parava de olhar. Eu não sou veado. Talvez seja pela minha camisa", afirmou o técnico na época. A assessoria do Flamengo informou que ele ainda não foi informado sobre a decisão da Justiça.

Nenhum comentário:

Postar um comentário