quinta-feira, 9 de junho de 2011

Jovem é morto por colegas de trabalho na Sadia; motivo foi homofobia




Segundo o Grupo de Estudos e Pesquisas de Gênero Fogueira, um funcionários da Empresa Sadia entrou em contato afirmando que na madrugada de 8 de junho de 2011 um jovem foi cruelmente assassinado por colegas enquanto trabalhava no setor de produção da empresa. O crime foi motivado por homofobia; enquanto três homens seguravam o jovem, uma mulher introduziu-lhe no ânus uma mangueira de ar comprimido, acionando-a.

Nenhum comentário:

Postar um comentário