quarta-feira, 8 de junho de 2011

Impunidade para a homofobia: Nove anos depois, julgamento do caso Igor Xavier é adiado mais uma vez


O motivo do crime: homofobia. O assassino confesso, que declarou “detesto homossexuais” é o fazendeiro Ricardo Athayde Vasconcelos, que contou com a participação do seu filho, Diego Rodrigues Athayde e seu irmão Márcio Athayde Vasconcelos, pessoas de famílias influentes da cidade. Eles nunca foram a julgamento.

Nenhum comentário:

Postar um comentário