domingo, 12 de junho de 2011

Grupo GLBT em Cuiabá acusa Estado de omissão

O representante do Grupo Livremente, que defende os direitos dos Gays Lésbicas e Trangêneros (LGBT), professor Clovis Arantes, acusou o Estado de ser omisso em resolver os casos de assassinato contra homossexuais em Mato Grosso. Ele afirmou que a demora no esclarecimento dos assassinatos e agressões tem contribuído para que casos como estes sejam cada vez mais frequentes.

Nenhum comentário:

Postar um comentário