terça-feira, 21 de junho de 2011

Fux considera anulação de união homoafetiva por juiz de Goiás um atentado ao STF


O ministro do STF (Supremo Tribunal Federal), Luiz Fux, criticou nesta segunda-feira (20/6) a decisão do juiz Jerônymo Pedro Villas Boas que anulou uma união estável de um casal homossexual de Goiânia. Segundo ele, a sentença é um “atentado” ao STF e passível de cassação.



Nenhum comentário:

Postar um comentário