terça-feira, 21 de junho de 2011

Decisão contra união homoafetiva causa perplexidade


A decisão do juiz Jeronymo Pedro Villas Boas, da 1ª Vara da Fazenda Pública de Goiânia, que cancelou a declaração de união estável de um casal homossexual de Goiás na sexta-feira (17/6), certamente será derrubada pelo Supremo Tribunal Federal se o casal recorrer à Corte. Foi o que disse à revistaConsultor Jurídico nesta segunda-feira (20/6) o ministro Marco Aurélio.

Nenhum comentário:

Postar um comentário