quarta-feira, 29 de junho de 2011

28/06/2011 - Transexual Léo Áquilla coloca vídeo no You Tube denunciando preconceito em hotel após Parada Gay

Após sair da 15ª Parada do Orgulho LGBT de São Paulo no último domingo, a transexual Léo Áquilla, 40, tentou se hospedar no Hotel Vitrine, próximo ao metrô Tiete, na Barra Funda, onde ouviu que o hotel não recebia “esse tipo de gente” e foi impedida de se hospedar no local. A artista, famosa por seus shows e por ser uma pessoa inteligente e politizada, registrou boletim de ocorrência e promete processar o lugar.

“Tô mostrando tudo isso como exemplo; Para que todo mundo que se sinta constrangido de alguma forma, faça o mesmo”, afirmou a drag que estava indignada de o fato ter ocorrido logo após a Parada Gay, que comemorou a diversidade e que conta com o apoio da Prefeitura, que propagandeia que a cidade recebe de portas abertas o turismo gay. “Vou fazer o estardalhaço necessário para que o pessoal desse hotel entenda que nós devemos ser tratados com igualdade. Nós somos seres humanos e meu dinheiro não é diferente do de ninguém”, argumenta Léo no vídeo postado em sua conta do You Tube na segunda-feira.


Nenhum comentário:

Postar um comentário