quinta-feira, 9 de junho de 2011

09/06/2011 - Funcionário é atacado em fábrica da Sadia e empalado com mangueira de ar comprimido. Empresa nega homofobia.

Um jovem funcionário de uma das fábricas da empresa Sadia, em Chapecó, Santa Catarina, teria sido hospitalizado após ser agredido por outros funcionários na madrugada desta quarta-feira. Ele, que trabalha no local, teria sido imobilizado por outros funcionários que acionaram uma mangueira com ar comprimido em seu ânus. A notícia se espalhou pela internet como homofobia, chegaram a divulgar a morte do rapaz, mas a empresa, em nota, negou a agressão e classificou o caso como "acidente".

Nenhum comentário:

Postar um comentário