sexta-feira, 27 de maio de 2011

UEFA pune federação croata por homofobia


Michel Platini acompanhado por Vlatko Markovic


Em 2007, a UEFA já tinha multado o então selecionador croata, Otto Baric, em €3000, por ter dito que nunca admitiria um jogador homossexual na seleção. Agora, foi a vez do presidente da federação ser castigado pelo organismo máximo do futebol europeu, também por comentários homofóbicos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário