quinta-feira, 26 de maio de 2011

DEM quer devolução da verba do kit anti-homofobia


As questões relacionadas à sexualidade continuam gerando polêmica no Congresso. Depois das seguidas investidas do deputado Jair Bolsonaro (PP-RJ) contra gays e da discussão do projeto que criminaliza a homofobia, agora é a vez de o DEM pedir na Justiça a restituição do dinheiro empregado na produção e distribuição do chamado “kit anti-homofobia” por parte do Ministério da Educação (MEC). Trata-se de um material didático que seria distribuído em escolas públicas abordando, entre outros tabus, o tema da liberdade sexual. Diante das reações ao kit, a executiva nacional do partido se reuniu hoje (quinta, 26) e decidiu acionar a Justiça para exigir a de devolução dos recursos aos cofres da União.

Nenhum comentário:

Postar um comentário