sexta-feira, 20 de maio de 2011

Após pressão, governo irá reavaliar kit anti-homofobia


Pressionado pelas bancadas evangélica, católica e de defesa da família do Congresso, o ministro da Educação, Fernando Haddad, disse na quarta-feira (18) que poderá alterar o conteúdo do chamado kit anti-homofobia (veja os vídeos abaixo), programado para ser entregue a professores do ensino médio de todo o país.

Nenhum comentário:

Postar um comentário